Recetividade e aprendizagem na caminhada micológica dos Baldios de Vilarinho

 

Cerca de 70 caminheiros marcaram presença na IV Caminhada Micológica dos Baldios de Vilarinho.

A par da caminhada esteve a vontade de aprender sobre as inúmeras variedades dos cogumelos que ao longo do percurso se foram colhendo, havendo algumas paragens para dar oportunidade à Investigadora Rita Serra do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, para identificar e explicar a caraterística da realidade presente.

Entre comestíveis e não comestíveis, foram dezenas de espécies que os cestos transportaram e expostas numa das mesas quando se chegou ao local da refeição, proporcionado aos caminheiros uma formação teórica que se estendeu ao longo da tarde.

No parque de merendas da Gândara de São Cosme em Vilarinho, só o café não foi à base de cogumelos, ao contrário da sopa, arroz, doces e licores repletos desses ingredientes.

No grupo e para além dos Compartes presentes, pessoas residentes na extinta freguesia de Vilarinho, havia caminheiros das outras freguesias do Concelho e de vários pontos da Região Centro e Norte do País.

Para além desta aprendizagem micológica a caminhada ainda serviu para apresentar a grandeza física do Baldio de Vilarinho, o seu projeto e o objetivo da manutenção e sustentação como uma riqueza a potenciar para as gerações vindouras.