Baldios confraternizaram através do jantar de Natal

 

Decorreu a 11 de dezembro, pelas 20 horas, no restaurante Adega da Vila,o jantar de Natal dos Baldios com a presença dos Órgãos Diretivos, colaboradores e parceiros, para além de representantes de entidades locais.

Sendo uma das confraternizações que espelha a grandeza do projeto dos Baldios, com dezenas de pessoas empenhadas na sustentação do património dos Compartes, ano após ano não passa despercebida aos intervenientes a dinamização crescente neste projeto da Freguesia de Vilarinho.

Luís Trota, presidente do Conselho Diretivo dos Baldios, na sua mensagem de Natal aproveitou para deixar rasgados elogios aos dez colaboradores, ali presentes, que diariamente através da atividade profissional dão vitalidade, crescimento e riqueza aos mil hectares de património dos Compartes Vilarinhenses.

Segundo o mesmo responsável, numa fase complicada para a floresta em que o nemátodo está a dizimar imenso arvoredo, obrigando ao corte para evitar a propagação da doença, vincou que grande parte da receita que daí advém será investida na reflorestação desses espaços.

No decorrer da confraternização percebia-se que grande parte dos temas entre os participantes abordavam o projeto dos Baldios de Vilarinho, pela forma como se estruturaram após a extinção do regime de associação com o Estado Português.

Ainda antes do final da refeição foi distribuído um desdobrável que apresentava em traços gerais a realidade atual da Entidade, lendo-se num dos lados do impresso,“BALDIOS - Uma Montanha de riquezas e aprendizagens”.